INTERAÇÕES ENTRE DIREITO FUNDAMENTAL À INFORMAÇÃO E DEMOCRACIA PARA O CONTROLE SOCIAL: UMA LEITURA CRÍTICA DA LAI A PARTIR DA EXPERIÊNCIA DOS PORTAIS DE TRANSPARÊNCIA DOS MUNICÍPIOS DO RIO GRANDE DO SUL

Caroline Muller Bittencourt, Janriê Rodrigues Reck

Resumo


Trata-se de artigo científico voltado à definição do direito à informação e à transparência, e suas relações com a Democracia e o controle social, e a partir dessa perspectiva proceder críticas aos portais de transparência de Municípios ante os dados coletados no Rio Grande do Sul em sua execução da Lei de Acesso à Informação, permitindo apontar críticas a própria Lei. O problema que envolve este trabalho é: quais as críticas que podem ser formuladas à Lei de Acesso à Informação a partir da experiência dos portais de transparência com base em uma leitura complexa da interação acesso à informação e Democracia? O objetivo é demonstrar que os portais não atendem satisfatoriamente um conceito rigoroso de democracia, e que parcial responsabilidade pode ser atribuída à Lei de Acesso à Informação. O método de procedimento da pesquisa foi o bibliográfico na parte do artigo, e empírico, com consultas aos portais, classificação e crítica, na segunda.

 

This is a scientific article focused on the definition of the right to information and transparency, and its relations with Democracy and social control, around the transparency portals of Municipalities of Rio Grande do Sul in its implementation of the Access to Information Law. The problem that involves this work is: what criticisms can be made to the Access to Information Law from the experience of transparency web-portals based on a complex reading of the interaction access to information and Democracy? The objective is to demonstrate that the portals do not meet satisfactorily a strict concept of democracy, and that partial responsibility can be attributed to the Access to InformationLaw. The method of procedure of the research was the bibliographical in the first part of the article, and empirical, with queries to the web-portals, classification and criticism, in the second.


Palavras-chave


Controle Social. Democracia. Direito à Informação . Portais. Transparência. Democracy. Internet Portals. Right to information Social Control. Transparency

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, Hannah. A condição humana. Trad. Roberto Raposo. 10.ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

BENHABIB, Seyla. Sobre um modelo deliberativo da legitimidade democrática. In: WERLE, Denílson Luis; MELO, Rúrion Soares. Democracia deliberativa. São Paulo: Singular, 2007, p.47-48.

BITENCOURT, C. M.; RECK, Janriê . Construção pragmático-sistêmica dos conceitos básicos do direito corruptivo: observações sobre a possibilidade do tratamento da corrupção como um ramo autônomo do direito. A&C. Revista de Direito Administrativo & Constitucional (Impresso), v. 62, p. 123-140, 2015.

BRASIL, Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988.

_____. Decreto nº 7.185, de 27 de maio de 2010.Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 27 mai. 2010. Disponível em: www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007- 2010/2010/decreto/d7185.htm. Acesso em: 30 dez. 2017.

_____. Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 18 nov. 2011. Disponível em: www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011- 2014/2011/lei/l12527.htm. Acesso em: 30 dez. 2017

_____. Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 05 mai. 2000. Disponível em: www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LCP/Lcp101.htm. Acesso em: 30 dez. 2017.

CANOTILHO, José Joaquim Gomes. Constituição Dirigente e vinculação do Legislador.Coimbra: Coimbra, 1994.

CASARA, Ruben R.R.Estado Pós-Democrático - Neo-Obscurantismo E Gestão Dos Indesejáveis. São Paulo, 2017.

CLAM, Jean. Questões fundamentais de uma teoria da sociedade: contingência, paradoxo, só –efetuação. São Leopoldo: Unisinos, 2006.

COHEN, Joshua. Procedimento e substância na democracia deliberativa. In: WERLE, Denílson Luis; MELO, Rúrion Soares. Democracia deliberativa. São Paulo: Singular, 2007.

FREITAG, Bárbara. A teoria crítica ontem e hoje. São Paulo: Brasiliense, 1988.

FUNG, Archon; COHEN, Joshua. Democracia radical. Tradução de Taís Blauth. Política & Sociedade, nº 11, outubro, 2007

GALVÃO, Ciro di Benatti; DUARTE, Luciana Gaspar Melquíades. Direitos fundamentais, dominação estatal e democracia substantiva. Revista de Direitos Fundamentais & Democracia, Curitiba, v. 22, n. 3, p. 109-129, set./dez., de 2017. Disponível em: http://revistaeletronicardfd.unibrasil.com.br/index.php/rdfd/article/view/1078/520

HABERMAS, Jürgen . Direito e democracia: entre faticidade e validade. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003. v. II.

HABERMAS, Jürgen. Direito e democracia: entre faticidade e validade. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003. v. I.

HABERMAS, Jürgen. Teoria de la Acción Comunicativa, I: racionalidad de la acción y racionalización social. Madrid: Taurus, 1999.

LUHMANN, Niklas. El Derecho de la sociedad. Universidad Iberoamericana: México, 2002.

LUHMANN, Niklas. Sociologia do Direito II. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1985.

MORIN, Edgar. Introdução ao pensamento complexo. 4a ed. Trad. Dulce Matos. Lisboa: Instituto Paiget, 2003.

MÜLLER Bitencourt Caroline; RODRIGUES Reck, Janriê. Democracia deliberativa, teoria da decisão e suas repercussões no controle social das despesas em saúde. Revista de Direito Econômico e Socioambiental , v. 8, p. 121-147, 2017. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/direitoeconomico/article/view/17652/17463

MÜLLER, Caroline Bitencurt; RECK, Janriê Robrigues. Controle da transparência na contratação pública no Brasil – o acesso à informação como forma de viabilizar o controle social da Administração Pública. Revista do Direito, Santa Cruz do Sul, v. 2, n. 49, p. 96-115, maio 2016. ISSN 1982-9957. Disponível em: . Acesso em: ________. doi:http://dx.doi.org/10.17058/rdunisc.v1i48.6897.

NIÑO, Carlos Santiago. La Constitución de la Democracia Deliberativa. Madrid: Gedisa, 1996.

PORTAL DA TRANSPARÊNCIA. Disponível em: www.portaldatransparencia.gov.br/faleConosco/perguntas-tema-sobre-o-portal.asp#8. Acesso em 06 de dezembro de 2017.

SALGADO, Eneida Desirré. Lei de Acesso à Informação (LAI): comentários à Lei n. 12.527/2011 e ao Decreto n. 7.724/2012”. Coleção direito administrative positive. vol.33. São Paulo, Atlas, 2015.

SCHIER, Adriana da Costa Ricardo. Serviço Público: Garantia fundamental e clásula de proibição de retrocesso social. Curitiba, Ithala, 2016.

WITTGENSTEIN, Ludwig. Investigações Filosóficas. Petrópolis: Vozes, 2004.




DOI: https://doi.org/10.25192/issn.1982-0496.rdfd.v23i31240

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.