"BARATTO AMMINISTRATIVO”: SUBSIDIARIEDADE, COLABORAÇÃO E ECONOMIA

  • Gabriella Crepaldi

Resumo

A nova regulamentação dos contratos públicos enquadra e aprimora as formas de parcerias da Administração com os particulares e as parcerias sociais no âmbito do princípio da subsidiariedade horizontal: o artigo enfoca as trocas administrativas (baratto amministrativo) como a principal manifestação da colaboração do cidadão no desempenho de atividades de interesse geral.

Publicado
2019-12-10
Seção
Palestras e convidados estrangeiros